Meu filho chora para entrar na escola: o que fazer?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

filho chora para entrar na escola

Se seu filho chora para entrar na escola, não se preocupe. Esse é um comportamento muito comum das crianças, especialmente nas primeiras semanas de aula ou quando eles começam a frequentar uma nova instituição de ensino.

Porém, esse é o momento em que os pais precisam ter cuidado e mostrar muita maturidade emocional. Ter autocontrole é fundamental para que a criança sinta segurança e entenda que aquela situação não precisa de nenhum sofrimento.

Conversar com os professores e orientadores educacionais é o primeiro passo para conseguir respaldo sobre o assunto. Para ajudar os pais nessa fase, apresentamos algumas orientações. Acompanhe!

Não diminua os sentimentos da criança

Quando seu filho chora para entrar na escola é porque provavelmente está inseguro. Além de sentir o afastamento de casa e das pessoas com quem convive, ele sabe que enfrentará uma mudança na rotina e passará por novas experiências.

Só que essas experiências serão muito ricas para seu desenvolvimento e independência. Vão aprender novos comportamento e maneiras de lidar com as coisas, a se virar por conta própria, tecer novas relações com outras pessoas e aprender novas habilidades. Muito embora os pequenos ainda não saibam disso com precisão.

Por isso, de maneira alguma diminua os sentimentos da criança ou desqualifique o seu sofrimento. Isso apenas contribui para que ela se sinta inferiorizada e tenha um dia ruim na escola. É preciso incentivá-la e mostrar sempre os fatores positivos da ocasião, para transmitir muita compreensão e confiança.

filho chora para entrar na escola

Mostre a seu filho que ele não está sozinho

Seu filho chora para entrar na escola e ele não é o único. Outras crianças dividem a mesma sensação e reagem da mesma maneira. Portanto, ele não está sozinho e precisa saber disso: ele verá que sentir medo é algo normal, mas que isso pode privá-lo de muitas coisas divertidas e interessantes.

Converse com ele com bastante serenidade e segurança com essa informação. Se conhecer alguma outra experiência de pessoas próximas que também lidaram com o problema, é interessante contar e acrescentar como foi o processo de adaptação. Isso pode inspirá-lo e dar mais forças para que ele enfrente a situação com mais determinação.

Encare o fato de que seu filho chora para entrar na escola

Crianças são espertas e tem a percepção bastante aguçada. Caso seu filho perceba que você está cedendo ao choro e que se sente tão inseguro quanto ele acabará fazendo você ficar mais tempo, e até pedirá para voltar para casa.

Por isso, é fundamental que os pais encarem o fato com segurança e mostrem para a criança que o medo é normal, e que essa nova fase é fundamental para as novas experiências e desenvolvimento. Ela não pode ser forçada a entrar na escola, mas deve compreender que isso é o certo a fazer. Mostre que lá ela aprenderá muitas coisas com as quais jamais teria contato em casa, como novas línguas e brincadeiras diferentes, para que haja um equilíbrio em sua vontade.

Procure ajuda especializada

Mesmo com a interferência dos profissionais da escola e com todo o auxílio familiar, seu filho chora para entrar na escola sem sinais de melhora: é hora de procurar ajuda especializada. Um profissional poderá indicar novos métodos de adaptação e sugerir providências personalizadas.

Contudo, tenha cautela ao comunicar seu filho de que ele será levado para esse atendimento. Ele precisa entender que será ajudado e não que tem algum problema sério sem resolução. Essa compreensão é fundamental para que as orientações tenham efeito e para que ele consiga se tranquilizar com o tempo.

E você, já passou por uma situação parecida com seu filho? Tem alguma nova sugestão para compartilhar com outros pais? Comente abaixo e deixe seu relato!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×