Como a escola pode estimular a criatividade do seu filho?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

estimular a criatividade do seu filho

Desde pequenos, os alunos costumam receber incentivos da escola para trabalhar a habilidade criativa. Através dela, é possível absorver melhor os conteúdos ministrados em sala de aula e desenvolver uma capacidade imaginativa muito maior.

Essas características têm um papel muito importante na trajetória da criança. Envolver-se em atividades com esse foco aumenta o engajamento em sala de aula e faz com que as áreas de interesse do pequeno sejam identificadas.

Mas como a escola pode estimular a criatividade do seu filho efetivamente e fazer tudo isso acontecer? Se você já se fez essa pergunta, é hora de prosseguir com a leitura de nosso post! Vamos lá?

Educador ajuda a estimular a criatividade do seu filho

Algumas crianças possuem mais aptidão para a criatividade. Outras, no entanto, encontram certas dificuldades pelo caminho. Em partes, isso se deve aos incentivos que são ou não são recebidos em casa, através de brincadeiras e atividades com os pais.

Mas na escola, é função do educador estimular a criatividade do seu filho, seja qual for sua situação. A tarefa exige muita dedicação por parte do professor. Afinal, ele precisa envolver a turma, que contém diferentes perfis e níveis criativos, em atividades que impulsionem cada aluno para fora de sua zona de conforto.

Em geral, são utilizados exemplos de impasses cotidianos, como a divisão de brinquedos e o empréstimo de objetos pessoais. O objetivo é que o processo criativo comece a se desenvolver a partir da solução de problemas, de forma prática ou elaborada conforme a intensidade da questão.

estimular a criatividade do seu filho

Escola deve oferecer um ambiente propício para a criança ser criativa

A escola também precisa oferecer um ambiente confortável para estimular a criatividade do seu filho. A colaboração e apoio dos profissionais devem ser visíveis e palpáveis para que a criança se sinta segura, tanto para compartilhar seu desenvolvimento com os colegas, quanto com o educador.

Nesse ponto, o respeito é muito importante. É fundamental que a escola não apoie deboches e repreensões e deixe isso bem claro também em relação ao comportamento dos estudantes. Assim, o pensamento criativo não sofre interferências negativas e pode crescer mais livremente.

Novas possibilidades são essenciais nesse processo

Embora o aluno tenha suas próprias fontes de inspiração para ser criativo, a escola tem o dever de apresentar a ele novas possibilidades durante esse processo. Para tanto, precisa disponibilizar o acesso às mais variadas expressões artísticas.

Música, dança, artes plásticas, literatura e escrita, por exemplo, são algumas das principais atividades que encorajam a criança a desenvolver a criatividade. Esse contato faz com que o aluno pense além do senso comum e se posicione diante dele com toda a sua individualidade.

Em tempo, é importante ressaltar que o apoio dos pais na escolha das atividades do filho é imprescindível. Para que o estudante se solte e não tenha medo de expressar seus dons criativos, a família deve se esforçar para estar sempre próxima e presente junto à escola.

Agora que você entende melhor como a escola pode estimular a criatividade do seu filho, deixe um comentário e conte quais são as atividades favoritas dele e como elas contribuem para que ele fomente a imaginação. Queremos saber!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×