Descubra a importância das brincadeiras na primeira infância

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

brincadeiras na primeira infância

Não podemos considerar a brincadeira como uma atividade sem valor. Brincadeiras na primeira infância são essenciais para o desenvolvimento dos pequenos. Afinal, toda criança precisa sim brincar. Inclusive, na primeira infância é ainda mais importante que ela aprenda brincando, e isso vai muito além da simples fantasia.

Continue a leitura deste post para entender um pouco mais a respeito da importância das brincadeiras na primeira infância e, assim, estimular o seu filho a brincar com mais frequência!

Os objetivos das brincadeiras na primeira infância

É por meio das brincadeiras que as crianças conseguem alcançar três importantes objetivos: a expressão dos sentimentos; o prazer; e, claro, a aprendizagem. As horas de brincadeiras podem mostrar aos pais, por exemplo, a personalidade daquela criança.

Através de uma simples brincadeira, muitas informações podem ser descobertas.

Agregar somente atividades pesadas e complexas, visando uma formação escolar para a criança, pode ser prejudicial ao seu desenvolvimento. Ou seja, a criança pode perder o melhor momento da sua vida. Por mais subjetiva que seja a atividade, é uma chance de os pequenos estarem em contato com coisas que os satisfazem, transformando o mundo em que estão inseridos.

Um processo de descoberta constante

Com a ajuda do ato de brincar, que para um adulto pode significar muito pouco, na verdade a criança vivencia um processo de descoberta constante. Por exemplo, uma atividade simples como empilhar bloquinhos significa uma admirável forma de vivenciar experimentações, pensar em diferentes possibilidades, conhecer de perto as formas, cores e texturas diferentes. Estimula o raciocínio e leva à repetições que podem chegar ao êxito.

Mesmo na companhia de outras crianças, os menores costumam brincar sozinhos. Por isso, nessa fase é importante estimular os sentidos. Desse modo, eles podem descobrir novos sons, distinguir os cheiros e experimentar até mesmo novos gostos. É importante salientar que cada criança terá o seu tempo singular de desenvolvimento.

brincadeiras na primeira infância

A importância do “faz de conta”

Por volta dos três anos de idade, a criança se envolve facilmente com as atividades de “faz de conta”, que igualmente são extraordinárias para o seu desenvolvimento. “Fazendo de conta”, a criança imita diferentes situações do cotidiano, muitas vezes observadas por elas mesmas, como fingir que dirige um carro ou brincar de casinha fazendo um bolo.

O faz de conta é uma forma de a criança, de alguma maneira, se relacionar com os problemas e possíveis soluções que transformam o imaginário em um aprendizado para as situações reais.

Podemos dizer que uma criança que tem acesso à diversas brincadeiras na primeira infância terá mais facilidade em aprender no futuro, sem precisar de muitos artifícios, ou seja, tudo sairá de maneira natural, como aconteceu durante as atividades lúdicas.

O brincar é fundamental para a construção da autonomia das crianças. É uma forma de vivenciar o movimento em determinado espaço, explorando o mundo social e também físico. O estímulo às brincadeiras na primeira infância contribui para o desenvolvimento de suas linguagens (oral, corporal, visual, musical).

A primeira infância é um período no qual se constituem as bases principais para o desenvolvimento mental, físico e emocional da criança como indivíduo. É importante que essas atividades sejam estimuladas adequadamente, tanto em casa quanto na escola.

O que achou de saber mais sobre a importância das brincadeiras na primeira infância? Restou alguma dúvida que deseje esclarecer? Compartilhe este post em suas redes sociais e converse com seus amigos sobre o assunto!

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×